Tag Archives: uk

Brompton bikes for hire / Aluguel de bicicletas Brompton

(Texto em portugues no final da pagina)

IMG_20160315_131222

Brompton Dock at Southampton Central Station

If you are a commuter and usually take the train to work, you must have seen these Brompton foldable bike docks at the train station, right? If you haven’t noticed them, perhaps you’ve seen people going to and from the stations on some funny-looking bikes?

Anyway, if you are bicycle fan like me and would like to try out one of these bikes, why not hire one for the day? The price starts at £2.50!

IMG_20160315_131157

Bike hire dock at train station

All you have to do is register online (click here), find the nearest dock to you and book one 😉 Also, you don’t have to return the bicycle to the dock of origin. You can return it to any dock! It’s kind of similar to the Boris bikes in London (click here) but the advantage is that with these foldable ones you can take them to work, home or on the train. They don’t take up much space.

Don’t you think it’s a great way to keep fit? If you have already tried it, feel free to leave a message below as it would be great to hear about your experience 😉

Texto em Portugues:

Se voce tem que viajar de trem para ir para o trabalho, voce ja deve ter se deparado com os “docks” (deposito) de bicicletas dobraveis (Brompton), certo? Se voce ainda nao notou os docks, talvez voce ja tenha visto pessoas indo e vindo para a estacao de trem em bicicletas com uma ergonomia diferente?

Enfim, se voce tambem curte bicicletas como eu, e gostaria de testar essas bicicletas, por que nao aluga uma por um dia? Os precos sao a partir de £2.50 por dia!

O que voce precisa fazer? Cadastre-se online (clique aqui), ache o “dock” mais perto de voce e reserve uma bike 😉 Outra coisa, voce nao precisa devolver a bicicleta para o mesmo “dock” de onde a recolheu. Voce pode retorna-la para qualquer “dock” do esquema! Eh um pouco parecido com o sistema das Boris bikes de Londres (clique aqui) mas a vantagem eh que essas bicicletas (Brompton) sao dobraveis e voce pode leva-las para o trabalho, para casa ou no trem. Elas nao ocupam muito espaco.

Voce nao acha que eh uma excelente maneira de se manter em forma? Se voce ja experimentou, fique a vontade para deixar uma mensagem abaixo contando sua experiencia 😉

 

 

 

 

 

Advertisements

Estacionamentos / Car Parks

Have you paid and displayed?

*Versao em Portugues no final da pagina

IMG_20160129_104742

I just love the use of Present Perfect 😉

It may seem obvious to many but at least to me, born and raised in the state of Rio de Janeiro, Brazil, it is not, I mean, it WAS not.

Unlike Brazil, here in the UK nearly every car park works with the pay and display system – of course there are also shopping centre car parks which we pay when we leave, just like in Brazil.

Anyway, when I first arrived and started to drive here I was given the odd look here and there when I used to stand by the pay and display machine and stare at it. Then, I figured it out by observing other users (duh!).

IMG_20160129_104721

Make sure it’s not a NO CHANGE GIVEN machine

So, it works like this:

  1. Park your car at an available slot (try to find one near the pay machine)
  2. Go to the pay machine and insert coins according to the amount of time you need to stay – you can also pay by phone using your credit/debit card. Attention if you’re using coins: There are machines with NO CHANGE GIVEN signs which made me overpay a few times (another duh!)
  3. Once you get your parking ticket (some might be stickers), display it by the windscreen or stick it on the window. The amount of time you’re suppose to park will be on your ticket.
  4. Pray that you won’t need to rush whatever you’re doing in order to purchase another ticket.
  5. It’s no unusual to see a driver leaving the car park give an arriving driver his used ticket with a few minutes or hours to spare – it’s happened to me twice!
IMG_20160129_104631

Paid…

IMG_20160129_104651

…and displayed 😉

Some might think this post is silly but I do hope it helps other people who are not used to these Pay and Display car parks and it also makes me wonder: Would it work in Brazil???

* Versao em Portugues:

Pode parecer obvio para muitos mas pelo menos pra mim, nascida e criada no estado do Rio de Janeiro, Brasil, nao eh, ou melhor, nao ERA.

Ao contrario do Brasil, aqui no Reino Unido quase todo estacionamento funciona com o sistema de “Pay and Display” (pague e deixe a mostra) – claro que existem tambem estacionamentos de shopping onde a gente soh paga ao sair, igual no Brasil.

Enfim, quando eu cheguei aqui na Inglaterra e comecei a dirigir vira e mexe alguem me olhava estranho toda vez que me viam parada em frente a maquina do Pay and Display, encarando-a. Aih, eu descobri como funcionava depois de observar outros usuarios (dã!).

Entao, funciona assim:

  1. Estacione seu carro em um local disponivel (tente estacionar perto de uma maquina de pay and display).
  2. Va ate a maquina e insira moedas de acordo com o tempo que voce precisara permanecer no local – voce tambem pode pagar por telefone com seu cartao de credito/debito mas nao sao todos os estacionamentos que oferecem essa opcao. Atencao se voce estiver usando moedas: Existem maquinas que nao dao troco (NO CHANGE GIVEN) e eu ja paguei bem mais do que devia algumas vezes por nao ter lido a mensagem na maquina (outro dã!)
  3. Uma vez que voce tenha seu ticket (alguns podem ser adesivos), coloque-o a mostra perto do parabrisa ou cole-o no vidro. O periodo que voce podera usufruir do estacionamento estara impresso no seu ticket.
  4. Reze para que voce nao tenha que sair correndo e interromper o que voce esta fazendo para ter que ir ao estacionamento comprar mais um ticket.
  5. Nao eh incomum ver um motorista dar o seu ticket semi-usado, com alguns bons minutos ou ate horas de saldo,  a um motorista recem chegado no estacionamento – ja aconteceu comigo 2 vezes!

Alguns podem achar que esse post eh bobo mas eu espero que possa ajudar algumas pessoas que nao estao acostumadas com esse sistema e isso tambem me faz pensar: Sera que o Pay and Display funcionaria no Brasil???

 

 


Carteira de Habilitacao Britanica / British Driving Licence

(English version at the end of the page)

full driving licence

Full driving licence (photo: DVLA website)

Pra voce que assim como eu, se mudou do Brasil pro Reino Unido aqui vai um post sobre o processo (e o teste) para tirar a carteira de motorista britanica (baseado na minha experiencia de 2012).

De acordo com o DVLA, o Brasileiro que possui CNH pode dirigir no Reino Unido por ate 12 meses da sua entrada no pais. Depois disso, eh preciso fazer os testes para adquirir a habilitacao britanica. Mesmo quem tem o PID (Permissao Internacional para Dirigir), que eh a carteira internacional tirada pelo Detran, nao pode continuar dirigindo com ela ao final do periodo de 12 meses. E outra coisa, como aqui no Reino Unido o seguro eh obrigatorio, quando se tem uma carteira de motorista internacional ou estrangeira, o seguro fica muito caro.

Bom, o primeiro passo eh aplicar para a carteira provisoria (provisional driving licence) que se faz pelo correio – tudo muito simples. A partir dai, voce tem 2 opcoes: ou ir direto fazer os testes (escrito, hazard perception – onde vc assiste uns clipes e tem que clicar o mouse toda vez que voce vir um perigo em potencial – e o teste pratico) ou fazer algumas aulas com um instrutor (o que eu recomendo, pois tem muito macete e muito principio bem diferente dos do Brasil).

provisional

Carteira provisoria (foto: DVLA website)

Atencao: Voce so pode fazer aulas com um instrutor quando ja tiver de posse da sua carteira provisoria.

As provas:

O primeiro passo eh agendar o teste teorico e hazard perception (faz-se os 2 no mesmo dia). Aconselho  comprar um livrinho do Highway Code que venha com CD ROM, pois pratiquei muito os simulados no computador.

highway code

Livrinho que me ajudou muito!

Uma vez que se tenha passado nas provas acima, eh a hora do temido e destemido teste pratico. Vou descrever aqui como aconteceu comigo:

Fui com meu instrutor ao centro de testes e permiti que ele me acompanhasse dentro do carro durante a prova (voce tem essa opcao. No meu caso eu achei melhor porque se eu nao passasse o Kevin poderia me ajudar numa prova futura).

O teste de visao: O examinador me pediu para ler a placa de um carro a uma certa distancia, ali no estacionamento mesmo do centro de testes. E soh.

Ao entrar no carro, tem a parte do show and tell, onde o examinador pede pra voce ou mostrar ou explicar 2 coisas sobre o funcionamento do carro (por isso indico fazer umas aulas com o instrutor antes, pois ele te da toda a dica, inclusive tudo escrito num papel).

Passado o show and tell, eh hora de comecar a prova pratica propriamente dita (pelo menos foi como aconteceu comigo):

Independent driving: o examinador explica que voce ira dirigir por 10 minutos sem nenhuma instrucao, apenas a que foi dada por ele antes – que no meu caso foi: siga em direcao a Romsey. O examinador pergunta se voce prefere que ele explique o que voce vai fazer (onde ele apenas fala: saindo daqui voce vira a direita, depois na rotatoria pega a segunda sainda, depois segue reto etc) ou se voce prefere ver um mapa.

Passado esses 10 minutos de silencio sepulcral durante o independent driving, o examinador comeca a te dar as instrucoes sobre o que fazer.

Ele me pediu pra fazer algumas paradas (pull over) e 2 manobras.

Ressalva: o instrutor da auto-escola vai te preparar para 5 manobras, dentre elas, 2 serao cobradas no dia do teste. As manobras sao: Parada de emergencia, baliza paralela (igual a do Brasil, bay parking (que eh como estacionar em vagas tipo de mercados e shoppings), 3 point turning (fazer um retorno ma propria rua) e reverse around a corner (que voce manobra de re em uma rua secundaria e volta pra rua de origem).

Se nao me engano, voce pode perder ate 15 pontos no teste, desde que as falhas sejam leves. Se cometer uma falta grave tera que refazer o teste.

driving test report

No final do teste voce recebe um relatorio com suas faltas

As dicas preciosas que meu instrutor me deu sao:

Lane discipline: onde voce tem que se policiar para ficar na sua faixa da rodovia, e se for mudar de faixa, tem que indicar e se certificar que nao vai fazer o motorista de tras frear.

Mirror, Signal, Manoeuvre: qualquer mudanca de direcao, essa eh a ordem a se seguir: Olhar no espelho, indicar e so depois mudar a direcao do carro. Parece obvio ne?

Como um amigo meu ingles fala: Eh um teste facil de se passar mas tambem facil de se reprovar rsrs

61242_514025035283506_1986626733_n

Eu e meu certificado de aprovada em 2012 😉

English version:

Here’s a post if you, like me, moved from Brazil to the UK and would like to exchange your Brazilian CNH to the UK Full driving licence (post based on my experience in 2012).

According to the DVLA, Brazilians who have a CNH can drive in the UK up to 12 months of their arrival. After that, it’s mandatory to take the driving tests in order to get the UK licence. Even if you have PID (which is the international licence issued by the DETRAN) you cannot carry on driving after the 12-month period. In the UK, car insurance is not optional, so if you have a foreign licence you’ll pay an arm and a leg for yours.

Well, the first step is to apply for your provisional licence and it’s done at the post office – all very easy and simple. From then on, you have 2 options: take the tests straight away (theory, hazard perception – where you watch a few clips and have to click the mouse everytime you think there’s a potential hazard – and the practical test) or you can have a few driving lessons with a qualified instructor (recommended because there are a lot of tricks they teach you and heaps of different things).

Attention: One can only have lessons with a qualified instructor once they have their provisional licences.

The Tests:

The first step is to book the theory and hazard perception tests (both on the same day). I suggest you buy a Highway Code booklet with a CD ROM because I did loads of practice tests on the computer.

Once you’ve passed the tests above, it’s time for the daunting practical test. I’ll describe here what happened in my case:

I went to the test centre with my instructor and I allowed him to accompany me in the car during the test (this is optional. In my case I thought it was a good idea in case I didn’t pass so that Kevin could help me out in the future).

The eye test: The examiner asked me to read a car registration number form a distance at the test centre’s car park. And that was it.

As you get in the car, there’s the show and tell part, where the examiner asks you to either show or tell 2 things about how the car works (one of the reasons why I recommend a driving instructor because they can train you beforehand and they even give you a cheat sheet).

After the show and tell, it’s time to start the practical test (at least that’s what happened in my case in 2012):

Independent driving: the examiner explains that you will drive for 10 minutes without any guidance, just the instruction previously given – in my case it was: follow the signs to Romsey (town). The examiner also asks you if you prefer verbal instructions or to be shown a map.

After these endless 10 minutes of tense silence, the examiner starts to give you further instructions.

He asked me to pull over a few times and 2 manoeuvres.

Important note: Your driving instructor will prepare you for 5 manoeuvres of which 2 will be asked to be done on the day of your test. The manoeuvres are: emergency stop, parallel parking, bay parking, 3 point turning, and reverse around a corner (pictures in Portuguese text above)

If I’m not mistaken, you can have up to 15 faults as long as they’re minor ones. If you have a major fault you’ll have to retake the test.

The useful tips my instructor gave me are:

Lane discipline: where you have to make sure you stay in lane and indicate if you want to change lanes, without making the driver behind you brake too hard.

Mirror, Signal, Manoeuvre: every time you change directions, this is the order to be followed: check mirrors, indicate and then change directions. It’s kind of obvious, right?

As an English friend of mine says: It’s such and easy test to pass but also very easy to fail.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Teaching English in England / Ensinando Ingles na Inglaterra

(Versao em portugues no final da pagina)

IMG_20160120_184408

Grade A (yay!)

Hang on a minute! You teach English as a foreign language in England? How come?

Well, I’ve been an English teacher for over 18 years now (ESOL – English as a Second Language and EFL – English as a Foreign Language). When I moved to the UK I was advised to get an ESOL certification so as to be able to work in the same field. The most popular qualification is called CELTA, Cambridge (Certificate of English Language Teaching to Adults).

Reliable language schools in the UK are accredited by the British Council and you cannot teach at these institutions if you do not hold an ESOL certificate (I know there’s a Trinity one too).

How does CELTA work?

Well, it’s a course where you teach real-life students (volunteers) and you are constantly assessed. You can do the 4-week full-time one (like me) or you can do a part-time one in the evenings if I’m not mistaken (of course it takes longer). There are also written assignments every week.

Before your course, you need to do a pre-course task and be interviewed. During the interview they’ll ask you questions about the task you’d done and also some random grammar questions. If you’re experienced this could be a nice chat and quite fun 😉

Can a non-native speaker do a CELTA?

Of course! I’m a non-native! When I did my course there were 3 of us foreigners. The other 14 were British and I know it can sound a bit daunting but as I mentioned before, if you’re an experienced teacher your grammar skills will be much better than a native’s. By the way, CELTA is said to be for inexperienced teachers but I wanted to do it as it’s a minimum requirement to teach in the UK.

1523396_685344318152316_1114396581_o

My CELTA classmates (Can you spot me?)

Most of my CELTA classmates were doing it because they wanted to teach English abroad and most of them found jobs as soon as they finished the course. Again, once you’re a CELTA holder, you can teach English anywhere in the world.

What happens after CELTA?

If you’re thinking of broadening your knowledge and if you’d like to become a DOS (Director of Studies) then your next step is the DELTA (a 9-week full-time course) and once you become a DELTA you can also teach at universities 😉

For more information about the course, click here – this is where I did my course and I could not recommend them enough.

IMG_20160120_184414

More info on the certificate

Versao em portugues:

Perai! Voce da aulas de ingles como lingua estrangeira na Inglaterra? Como assim?

Bem, eu sou professora de ingles ha mais de 18 anos (ESOL – Ingles como segunda lingua e EFL – Ingles como lingua estrangeira). Quando me mudei para o reino Unido fui aconselhada a adquirir uma certificacao para que me possibilitasse a trabalhar na mesma area. A qualificacao mais popular eh o chamado CELTA, Cambridge (Certificate of English Language Teaching to Adults).

Escolas conceituadas no Reino Unido sao certificadas pelo British Council e nao e permitido dar aulas nessas instituicoes se voce nao tiver um diploma/certificado ESOL (eu sei que existe um chamado Trinity, que tambem eh aceito).

Como funciona o CELTA?

 

Bem, eh um curso onde voce tem que dar aulas para alunos “reais” (voluntarios) e voce eh constantemente observado e avaliado.  Pode-se fazer o curso integral que sao 4 semanas todos os dias de 9 as 17h (como eu fiz) ou fazer o curso duas vezes por semana (part-time, com duracao mais longa, claro). Avaliacoes escritas tambem sao feitas toda semana.

Antes de iniciar o seu curso, voce precisa fazer uma tarefa chamada pre-course e se submeter a uma entrevista. Nessa entrevista eles vao te perguntar varias coisas sobre a tarefa que voce fez e algumas perguntas gramaticais aleatorias. Se voce for experiente a entrevista pode ser legal e ate bem divertida 😉

Uma pessoa que nao tem ingles como primeira lingua pode fazer o CELTA?

Claro! Eu sou uma “non-native”! Quando fiz meu curso, haviam 3 estrangeiros alem de mim. Os outros candidatos eram britanicos e eu sei que pode ser um pouco assustador mas, como mencionei antes, se voce for experiente, sua gramatica sera bem melhor do que a de um nativo. Ah! O CELTA eh pra quem nao tem experiencia nenhuma como professor mas eu quis faze-lo mesmo assim pois era o requisito minimo para se dar aula no Reino Unido.

A maioria dos meus colegas de CELTA estavam ali porque eles queriam ensinar ingles pelo mundo e a maioria deles conseguiu emprego assim que terminaram o curso. Uma vez que voce possui o diploma CELTA, voce esta habilitado a ensinar ingles em qualquer lugar do mundo.

O que acontece depois do CELTA?

Se voce estiver pensando em expandir seu conhecimento e se gostaria de se tornar diretor academico (DOS – Director of Studies) entao seu proximo passo sera o DELTA (um curso full-time de 9 semanas) e uma vez que voce se torna DELTA, voce tambem esta qualificado a dar aulas em universidades 😉

 

Para maiores informacoes, clique aqui pois foi onde fiz o meu curso e recomendo demais!


Dentista “Faca-voce-mesmo” (DIY : Do it yourself)

IMG_20150815_120230

Mao de obra aqui na Inglaterra e MUITO cara, por isso o conceito DIY (Do it yourself: faca voce mesmo) eh extremamente popular. Ok, compreensivel.

Existem varias lojas DIY onde voce pode comprar a materia-prima pra fazer seus proprios moveis, estantes, sheds, etc.

Mas este post nao eh sobre moveis, e sim sobre DENTES. Isso mesmo, DENTES!

Em qualquer farmacia eh possivel encontrar kits “faca-voce-mesmo” para consertar, colar restaurar dentes, blocos, coroas, pontes (you name it!).

IMG_20150814_163249 IMG_20150815_120116

Conheco VARIOS britanicos com dentes lindos, serio! Mas tambem conheco MUITOS que nao ligam para a saude bucal, seja por falta de grana (fato) seja por puro descaso. Cultural? Sera?

Dentistas aqui no Reino Unido geralmente sao estrangeiros (a minha eh Iraniana graduada na Suecia rs). Voce pode frequentar o dentista pelo NHS (sistema publico de saude) ou particular. Pelo NHS voce paga uma taxa (tipo £50) para ser atendido seja qual for a emergencia (estou usando como base o vilarejo onde moro, pois sei que nas grandes cidades voce pode ir na emergencia de um hospital e ser atendido la, de graca).

Quando fui a minha dentista (que adoro) fazer minha limpeza habitual, me surpreendi quando ela e sua assistente bateram palmas quando olharam meus dentes e viram que eu era adepta do fio dental (ok, nao uso a cada escovada mas uso todo dia sim!).

Uma amiga minha outro dia me perguntou:

amiga: “Voce tem dentes tao bonitos, o que voce faz?”

eu: “escovo a cada refeicao, uso fio dental e faco limpeza no dentista 2x ao ano”

amiga: “Ah nao…fio dental nao uso nao”

eu, chocada, pensei: “oi?”

Se voce for a um mercado ou farmacia, voce vai se surpreender na secao de dentifricios: tem TUDO! Pasta de dente para quem fuma, pra quem bebe cha, pra quem tem alergia a sorbitol, pra crianca, pra gengiva, etc. Todos os tipos de enxaguante bucal, varios kits de clareamento, varios tipos de fio dental – eu fico parada olhando aquelas embalagens lindas sem saber qual levar rs

IMG_20150815_120133 IMG_20150815_120150 IMG_20150815_120206

Parece que a filosofia aqui eh reversa: melhor remediar do que prevenir.

Mas afinal, a saude nao comeca pela boca?


Becoming a Bone Marrow donor in the UK / Como ser doador de medula ossea no Reino Unido

IMG_20150528_164649
IMG_20150528_184258
Passo a passo para se cadastrar como doador de medula ossea aqui no Reino Unido:
1 – Vc precisa ja ser doador de sangue cadastrado pelo NHS. Se nao for, na sua primeira doacao de sangue vc pode fazer tudo junto.
2 – Na hora da doacao de sangue vc tem que solicitar o formulario para se cadastrar como doador de medula ossea (bone marrow donor)
3 – Antes de coletarem o sangue para a doacao (aproximadamente 500ml) eles tiram uma ampola extra pro banco de dados de medula ossea.
4 – O cadastro fica ativado por 30 anos.
5 – O database deles eh INTERNACIONAL – woohooooo (alem do livreto explicando, perguntei a 2 enfermeiras sobre o Brasil e elas disseram que SIM)

IMG_20150528_184310                         IMG_20150528_181753
Be nice to me, I gave blood today!

A Brazilian in the UK

Right,

as my very first  post was in Portuguese I thought it would be nice to have the odd post in English as well.

It all started when I decided to record my experiences in the UK on camera (either by taking photos or making videos).

Both photos and videos soon became quite popular amongst my friends and I started to have a few requests from them hence the necessity to start a blog.

I hope we can share ideas and experiences and I do hope you guys (readers) can understand Brazilians a bit better – I know we can be a bit weird but who isn’t? haha

Questions and suggestions on topics are always welcome.

Cheers